terça-feira, maio 02, 2006

Freguesia de Triana contra o Aerporto

A Assembleia de Freguesia de Triana, reunida ordináriamente no passado dia 28 de Abril, aprovou por maioria (8 dos 9 eleitos na Assembleia de Freguesia), a Moção apresentada por um elemento da bancada da Coligação Pela Nossa Terra(PPD/PSD, CDS/PP, PPM, MPT).

A Moção intitulada "Triana contra o Aeroporto", teve os votos favoráveis dos quatro elementos da Coligação Pela Nossa Terra, dos dois eleitos pela CDU e por dois eleitos do PS, apenas com a abstenção do cabeça-de-lista do PS. Os executivos das Juntas de Freguesia não podem votar em Assembleias de Freguesia, mas neste caso, o executivo mostrou solidário com a moção apresentada.

É importante referir, que a Junta de Freguesia de Triana é a terceira maior do concelho de Alenquer, sendo aquela que é considerada a mais prejudicada com a vinda do Aeroporto.


Cumprimentos
Ricardo Batista
Elemento da Bancada da CPNT na Freguesia de Triana


------------------------------------------------------------------------------------------------


Moção - Triana contra o Aeroporto


O Governo apresentou em Novembro de 2005 a sua intenção de prosseguir com o processo de construção do Novo Aeroporto de Lisboa, precisamente em Ota, concelho de Alenquer.

Considerando que esta decisão que influenciará negativamente o futuro do nosso concelho, e em especial da Freguesia de Triana, manifestamos desta forma a nossa preocupação e discordância com a posição do governo, que até ao momento não apresentou nenhuma justificação válida para tal tomada de decisão.

A construção do Novo Aeroporto de Lisboa na Ota, terá vários impactos negativos na nossa freguesia, como por exemplo:

- Descaracterização paisagística (Construção de habitações e de espaços de logística, e outros em áreas protegidas, assim como a movimentação de 80 milhões de metros cúbicos de terras)

- Impactos ecológicos e hidrológicos negativos (Modelação do Rio Ota, construção da aerogare no Paúl do Alvarinho)

- Aumento do Tráfego Rodoviário e Ferroviário devido ao funcionamento do Aeroporto, que afectarão negativamente a qualidade do ar e levará à subida dos níveis de ruído para níveis acima dos legais, com especial destaque para a localidade do Camarnal, com as pistas e o próprio TGV a passarem a cerca de 1000 metros)

- Aumento do défice de valências sociais (Centros de saúde, escolas, etc, que nem eventuais investimentos irão colmatar)



A isto se junta ainda o facto de muitos jovens naturais da nossa freguesia terem abandonado o concelho, em função das medidas preventivas que não lhes permitiu a construção da sua primeira habitação na nossa freguesia, originando novos impactos negativos à freguesia.









A Assembleia de Freguesia de Triana, reunida ordinariamente ao vigésimo oitavo dia do mês de Abril de 2006, manifesta publicamente a sua total discordância em relação à possível construção do Novo Aeroporto de Lisboa na Ota, ao abrigo da defesa dos máximos interesses da nossa freguesia.

Por tudo isto e especialmente pelos nossos munícipes dizemos…

NÃO AO AEROPORTO!

1 comentário:

ele há coisas disse...

http://elehacoisasdumfilhadapuxa.blogspot.com/